SINDENEL    PARTICIPATIVO


Clique aqui para assistir
mais vídeos em
nosso canal.

 

   D A T A

N   O   T   Í   C   I   A   S

04/07/2018 - COMUNICADO SINDENEL - COPEL - ACT 2018/2019

 

 ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 

EMPREGADOS DA COPEL 

O Diretor Presidente do SINDENEL, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca todos os empregados da Companhia Paranaense de Energia - COPEL, de sua base territorial, filiados ou não ao sindicato, para se reunirem em Assembléia Geral Extraordinária no dia 05/07/2018 (quinta-feira), na Sede do SINDENEL, sito à rua: Prof. Ulisses Vieira 1515, Santa Quitéria, sendo às 17:30 horas, em primeira chamada, com o número regulamentar de presentes, ou às 18:00 horas, em segunda chamada, com qualquer número de presentes, a fim de deliberar sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 

Item 01 Discussão e deliberação da Pauta de Reivindicação para a formalização do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT–2018/2019; 

Item 02 Aprovação da Unificação da Pauta de Reivindicação da categoria representada pelo SINDENEL com as pautas aprovadas pelas seguintes Entidades Sindicais: SINDEL; SINDELPAR; SIEMCEL; SINTEC-PR; STIECP; SENGE-PR; SINTESPAR; SINEL; SINDESPAR; SINDASP e STEEM; que, igualmente, representam os trabalhadores da Copel em suas respectivas categorias e/ou bases territoriais, que será entregue à Empresa; 

Item 03 Realização das próximas Assembleias Gerais Extraordinárias, relativas à Campanha Salarial do Acordo Coletivo de Trabalho - ACT – 2018/2019, em conjunto com as demais Entidades Sindicais que compõem a Campanha Salarial Unificada do ACT–2018/2019, declinadas no item 02 deste edital. 

Item 04 Aprovação do regime de votação de forma secreta, com a utilização de cédula de votação, que deverão ser depositadas em urnas lacradas, contendo a respectiva numeração do lacre, as quais deverão ser abertas juntamente com as demais urnas das demais entidades sindicais relacionadas no item 2 supra, na cidade de Curitiba-PR, após o encerramento de todas as respectivas Assembleias Gerais Extraordinárias – AGE´s dos Sindicatos que compõem a Campanha Salarial Unificada do ACT–2018/2019. 

Item 05 Aprovação para a utilização de urnas itinerantes de coleta de votos nos locais de difícil deslocamento dos trabalhadores. 

Item 06 Aprovação para o escrutínio dos votos coletados durante as Assembleias Gerais Extraordinárias em conjunto com todos os demais votos das Entidades Sindicais que compõem a Campanha Salarial Unificada do ACT-2018/2019, conforme relacionado no item 02 deste edital. 

Item 07 Deliberação para que o SINDENEL celebre o Acordo Coletivo de Trabalho – ACT – 2018/2019, único, com abrangência de todos os Sindicatos que compõem a Campanha Salarial Unificada do ACT–2018/2019, conforme descrito no item 02 deste edital. 

Item 08 Autorização para que o SINDENEL negocie diretamente com a Companhia Paranaense de Energia – Copel ou solicite intermediação junto ao Ministério Público do Trabalho, bem como suscite Dissídio Coletivo de Trabalho junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 9ª região; 

Item 09 Fixação da Taxa Assistencial para todos os empregados conforme Artigo 8º, Inciso IV da Constituição Federal, em favor do SINDENEL. 

Curitiba, 05 de junho de 2018. 

Alexandre Donizete Martins

Diretor Presidente

SINDENEL

 

04/07/2018 - COMUNICADO SINDENEL

 

EXPEDIENTE NO DIA 06/07/2018

INFORMAMOS QUE EM VIRTUDE DO JOGO DO BRASIL NA COPA DO MUNDO NO DIA 06/07/2018 9 SEXT-FEIRA), NÃO HAVERÁ EXPEDIENTE NO PERÍODO DA TARDE ( 13:30H AS 17:30H )NA SEDE DO SINDICATO. O HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO SERÁ DAS 08:00H AS 12:00H NESTE DIA.

A DIRETORIA

 

04/07/2018 - COMUNICADO SINDENEL - ELEIÇÃO NO SINDENEL

 

 EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ELEICÕES SINDICAIS

SINDICATO DOS ELETRICITÁRIOS DE CURITIBA - SINDENEL 

A Comissão Eleitoral, devidamente constituída pela Diretoria Executiva do Sindicato dos Empregados em Concessionárias dos Serviços de Geração, Transmissão, Distribuição e Comercialização de Energia Elétrica de Fontes Hídricas, Térmicas ou Alternativas de Curitiba – SINDENEL, localizada na sede da entidade, situada na Rua Professor Ulisses Vieira, 1515, Santa Quitéria, Curitiba, Paraná, constituída pela Resolução da Diretoria Executiva de 02/07/2018, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, conforme art. 24 e seguintes, declara aberto o processo eleitoral para o Corpo Diretivo e Conselhos da referida entidade para a gestão 2019/2023, cuja eleições serão realizadas nos dias 01 e 02 de agosto de 2018 e em conformidade com as condições e prazos previstos no Regimento Eleitoral. Informamos que o prazo para registro das chapas concorrentes ao pleito será de 4 de julho até 10 de julho de 2018, no horário das 8 às 12 e das 13:30 às 17:30, na sede do sindicato, onde se encontra a disposição pessoa habilitada para prestar informações referentes às eleições, entrega de cópia do regimento eleitoral, recebimento de documentação e fornecimento de recibo. Informa-se ainda que o Edital de Convocação já se encontra afixado na sede do sindicato. 

Curitiba, 03 de julho de 2018. 

Joel Martins Ribeiro

Presidente da Comissão Eleitoral

 

11/06/2018 - COMUNICADO SINDENEL - ELETROSUL

 

 AVISO À POPULAÇÃO

Comunicamos que os empregados da Eletrobrás-Eletrosul, base SINDENEL, reunidos em Assembleias Gerais Extraordinárias, realizadas no dia 08 de junho de 2018, deliberaram pela PARALISAÇÃO DE SUAS ATIVIDADES nos dias 11, 12 e 13 de junho de 2018, em protesto contra a venda/privatização do Grupo Eletrobrás. Notificamos que, em observância ao artigo 11 da Lei 7783/1989, haverá trabalhadores em horários necessários para manter o sistema de transmissão de energia em operação no caso de ocorrências e contingências.

SINDENEL
Alexandre Donizete Martins
Diretor Presidente
 

 

11/06/2018 - COMUNICADO SINDENEL - ELETROSUL

 

 EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA
ELETROBRAS ELETROSUL CURITIBA, FOZ DO AREIA E LARANJEIRAS DO SUL 

O Presidente do SINDENEL, - Sindicato dos Empregados em Concessionárias dos Serviços de Geração Transmissão Distribuição e Comercialização de Energia Elétrica de Fontes Hídricas, Térmicas ou Alternativas de Curitiba, no uso de suas atribuições estatutárias, CONVOCA os empregados da ELETROSUL – Centrais Elétricas S.A., associados e não associados, para se reunirem em ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, como segue: 
Na sede da Regional do Paraná – Curitiba, cito na BR 116 Km 116 - Bairro Tatuquara, no dia 08/06/2018 (próxima sexta-feira), às 13h00min em primeira convocação e 13h30min em segunda convocação, com qualquer número de presentes;

No Setor de Manutenção de Foz do Areia, cito na PR 170 Km 85 – Município de Pinhão, Distrito de Faxinal do Céu-PR, no dia 08/06/2018 (sexta-feira), às 13h00min em primeira convocação e 13h30min em segunda convocação, com qualquer número de presentes;

No Setor de Manutenção de Laranjeiras do Sul, cito a Rua Duque de Caxias, 1181, Centro Laranjeiras do Sul-PR, no dia 08/06/2018 (sexta-feira), às 13h00min em primeira convocação e 13h30min em segunda convocação, com qualquer número de presentes, a fim de discutirem e deliberarem sobre a seguinte

ORDEM DO DIA:
1. Deliberar sobre o indicativo de Greve de 72 horas, nos dias 11, 12, e 13 de junho de 2018, caso não tenha avanço as negociações CNE / ELETROBRAS do ACT Nacional 2018/2019;
2 – A Assembleia permanecera em aberto , aguardando solução de continuidade conforme item 1 deste edital.
3. Definição das formas de manutenção dos serviços essenciais à população;
4. Assuntos gerais.

Curitiba, 05 de junho de 2018.

Alexandre Donizete Martins
Diretor Presidente
 

 

04/06/2018 - COMUNICADO SINDENEL

 

ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA

PRESTAÇÃO DE CONTAS DA DIRETORIA EXECUTIVA

O Diretor Presidente do SINDENEL, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca toda base eletricitária representada para participar de assembleia geral ordinária de prestação de contas do atual mandato a ser realizada na sede do sindicato sito a Rua Ulisses Vieira, 1515, bairro Santa Quitéria, no dia 7/6/2018, quinta-feira, sendo às 18 horas, em primeira chamada, ou às 19 horas, com qualquer número de presentes para a seguinte ordem do dia:

1. Apresentação e aprovação das contas referentes aos anos 2014, 2015, 2016 e 2017, conforme artigos 22 e 31 dos Estatutos.

Curitiba, 25 de maio de 2018.

Alexandre D. Martins
Diretor Presidente
SINDENEL
 

 

10/05/2018 - COMUNICADO SINDENEL - ELETROSUL

 

 EDITAL DE CONVOCAÇÃO

                                                 ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA
ELETROBRAS ELETROSUL CURITIBA, FOZ DO AREIA E LARANJEIRAS DO SUL 

O Presidente do SINDENEL, - Sindicato dos Empregados em Concessionárias dos Serviços de Geração Transmissão Distribuição e Comercialização de Energia Elétrica de Fontes Hídricas, Térmicas ou Alternativas de Curitiba, no uso de suas atribuições estatutárias, CONVOCA os empregados da ELETROSUL – Centrais Elétricas S.A., associados e não associados, para se reunirem em ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, como segue: 
Na sede da Regional do Paraná – Curitiba, cito na BR 116 Km 116 - Bairro Tatuquara, no dia 11/05/2018 (próxima sexta-feira), às 13h00min em primeira convocação e 13h30min em segunda convocação, com qualquer número de presentes;

No Setor de Manutenção de Foz do Areia, cito na PR 170 Km 85 – Município de Pinhão, Distrito de Faxinal do Céu-PR, no dia 18/05/2018 (sexta-feira), às 13h00min em primeira convocação e 13h30min em segunda convocação, com qualquer número de presentes;

No Setor de Manutenção de Laranjeiras do Sul, cito a Rua Duque de Caxias, 1181, Centro Laranjeiras do Sul-PR, no dia 18/05/2018 (sexta-feira), às 13h00min em primeira convocação e 13h30min em segunda convocação, com qualquer número de presentes, a fim de discutirem e deliberarem sobre a seguinte

ORDEM DO DIA:
1. Informes;
2. Deliberar sobre o indicativo do Coletivo Nacional dos Eletricitários - CNE, de greve pelo período de 72 horas a partir do dia 22  à 24 de maio de 2018;
3. Definição das formas de manutenção dos serviços essenciais à população;
4. Assuntos gerais.

Curitiba, 09 de maio de 2018.

Alexandre Donizete Martins
Diretor Presidente
 

 

06/03/2018 - Convocação dos Copelianos para a Assembleia da PLR 2017

 

Convocação dos Copelianos para a Assembleia da PLR 2017.

Acesse o edital



Convocação dos Copelianos para a Assembleia da PLR 2017

 

 

 

02/03/2018 - PROPOSTA NEGOCIADA COM A COPEL PARA PAGAMENTO DA PLR 2017

 


COPELIANOS, acessem a proposta negociada com a COPEL para pagamento da PLR 2017.


PROPOSTA - PLR2017

 

 

 

28/02/2018 - TRABALHADORES DA COPEL TELECOM

 

 


TRABALHADORES DA COPEL TELECOM

Prezados Trabalhadores e Trabalhadoras Eletricitárias:

 

Recebemos com muita preocupação o resultado de uma ação judicial, movida pelo Sindicato de Telecomunicação do Paraná - SINTTEL, onde todos os Trabalhadores da COPEL TELECOM passam a serem representados por este Sindicato.

 

Diante da repercussão e das consequências advindas desta mudança, o SINDENEL convoca todos os TRABALHADORES afetados, independente de filiação ao sindicato, para uma Assembleia, no dia 05/03/2018, às 13:00h no auditório - BLOCO B do KM 3, afim de alertar os Trabalhadores das possíveis perdas e deliberar sobre os encaminhamentos do SINDENEL. 

 

É imprescindível a participação na reunião pois poderá acarretar em consequências irreparáveis para o futuro laboral de cada Trabalhador. 

 

Segue em anexo o Edital de Convocação.

TRABALHADORES DA COPEL TELECOM
 

 

 

09/12/2013 - BOLETIM INFORMATIVO - FGTS Traz prejuízo aos trabalhadores

 


BOLETIM INFORMATIVO SINDENEL 

 


  FGTS TRAZ PREJUÍZO AOS TRABALHADORES

 

 

 

02/12/2013 - COMUNICADO SINDENEL

 

Adicional de periculosidade não é proporcional a exposição

O adicional de periculosidade não pode ser pago de forma proporcional ao tempo de exposição ao risco. A Súmula 364 do Tribunal Superior do Trabalho reconhece o direito ao adicional de periculosidade ao empregado exposto permanentemente ou que, de forma intermitente, se sujeita a condições de risco. O entendimento foi usado pela 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais ao condenar uma mineradora ao pagamento integral do adicional a um ex-empregado.

Segundo a empresa, o adicional de periculosidade foi pago ao funcionário nas pouquíssimas e eventuais oportunidades em que esteve exposto a esse agente e de forma proporcional ao tempo de exposição. Ainda, de acordo com ela, a conduta adotada é prevista no instrumento normativo da categoria profissional.

Uma perícia feita nos autos concluiu pela caracterização da periculosidade durante todo o contrato de trabalho, apurando que o reclamante fazia transporte de explosivos de forma habitual e intermitente e ainda ajudava os funcionários no carregamento dos explosivos no interior da mina. Segundo a relatora, a Súmula 364 do TST determina que a parcela só não será devida quando o contato for de forma eventual, assim considerado o fortuito, ou o que, sendo habitual, dá-se por tempo extremamente reduzido.

Segundo a juíza relatora convocada, Taísa Maria Macena de Lima, não há como dar validade a cláusulas de instrumentos coletivos que importem em supressão parcial de direito assegurado em lei, como é o caso do adicional de periculosidade. Ela lembrou que o artigo 7º, inciso XXVI, da Constituição Federal reconhece os instrumentos coletivos de trabalho legitimamente firmados pelas correspondentes representações sindicais. Para ela, não há dúvida quanto à recepção desses instrumentos negociais pela nova ordem constitucional, reafirmando, assim, postura sempre adotada pelo próprio Direito do Trabalho, que prestigia a autocomposição das partes na solução dos litígios.

Por outro lado, conforme ressaltou, as negociações coletivas encontram limites nas garantias, direitos e princípios instituídos pela mesma Constituição e que são intangíveis à autonomia coletiva. Na avaliação da julgadora, esse é caso de normas de proteção à saúde e segurança do empregado, o que se aplica ao trabalho em ambiente ou local perigoso.

A turma de julgadores acompanhou o voto da relatora e considerou inválidas as cláusulas dos Acordos Coletivos de Trabalho quanto à negociação do adicional de periculosidade proporcional ao tempo de exposição, reconhecendo como devido o pagamento integral da parcela. O adicional de periculosidade incide apenas sobre o salário básico e não sobre este acrescido de outros adicionais, nos termos da parte inicial da Súmula 191 do TST. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-3. 0001257-24.2012.5.03.0069 RO